15 outubro 2014

Sobre ser professor...


O dia dos professores pra mim sempre foi um dia bom, pelo simples fato de não ter aula. Quem nunca? Rs. Mas de 3 anos pra cá, quando eu escolhi qual seria a minha profissão, tudo mudou. Confesso que quando decidi fazer o curso de Letras com Inglês, na Universidade do Estado da Bahia, escolhi o mesmo mais pela língua em si, que sempre gostei e tive facilidade, do que por qualquer desejo de ensinar. Mas quando, no começo desse ano (quinto semestre do curso), surgiu a oportunidade de ensinar crianças e, ao mesmo tempo, lecionar para uma turma da terceira série do Ensino Médio através de um projeto da universidade, deixei meus temores de lado e encarei os desafios. E não é que eu acabei descobrindo o tal prazer em ensinar?!

Nessa pequena experiência que tenho até aqui, pude entender que não há satisfação maior do que ver seus alunos manifestando o conhecimento que a eles foi passado por você. É maravilhoso ver uma criança reconhecendo o vocabulário que foi ensinado na última aula, ou um adolescente realmente se interessando na atividade que você propôs. Quando os alunos mostram o que aprenderam, a sensação de gratidão e reconhecimento pessoal é tal, que acredito que poucas profissões podem proporcionar. A atual desvalorização dessa profissão, não só pelo estado, mas pela sociedade como um todo não é barreira para aqueles que trabalham com amor. Sou grata por ter escolhido ser o que sou. Sou grata por ter a missão de educar!


Gostaria de deixar registrado também o meu agradecimento a todos os professores maravilhosos que já passaram pela minha caminhada, desde os professores da pré-escola e do ensino fundamental, aos professores de handebol, de violão, do ensino médio, do karatê, da universidade etc. Vocês fazem parte de quem eu me tornei, muito obrigada por tudo.

Um comentário:

  1. Parabéns pelo seu dia!!!!! Professor é super importante e nem sempre tão reconhecido, principalmente no nosso país :(.

    Bjs =^.^=
    www.noivaesposamae.com.br

    ResponderExcluir